Páginas

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Samuel Pessoa opinando sobre educação

Talvez não concorde com tudo o que está escrito, mas acho que o Samuel Pessoa levanta questionamentos que eu também tenho quando estudo educação.




Um comentário:

Humberto disse...

educação importa ao crescimento econômico de formas bem mais inusuais; A frequência escolar compulsória retém a mão de obra infanto juvenil no sistema de ensino, impedindo que crianças atuem no mercado de trabalho (evitando pressão baixista nos salários, desemprego entre adultos, e menor produtividade); Libera a mão de obra feminina adulta para trabalhar (com pressão baixista nos salários e tirando poder dos sindicatos); Sobre Coréia tem que admitir que beneficiou-se tmb do hangul, sistema de escrita que os linguistas apontam como sendo intuitivo de de fácil aprendizado; Beneficiou-se muito tmb porque era "trincheira" da guerra fria, recebendo frequentes "impulsos" orçamentários dos EUA.