Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Lara-Resende sobre desigualdade e bem-estar

*** ATUALIZAÇÃO O site do Ministério do Planejamento disponibilizou o artigo do Lara-Resende que não conseguimos ler no site do Valor (como está escrito abaixo). Clique aqui e leia!
***
A coluna de André Lara-Resende, um dos pais do Plano Real, no caderno "Eu&Fim de semana" do Valor Econômico é sobre desigualdade e bem-estar. Um interessante artigo que debate não apenas os efeitos diretos da desigualdade sobre o bem-estar, como também questões de valor que estão sempre envolvidas nesse debate. Infelizmente, o site do Valor não permite que leiamos o artigo inteiro (eu recebi por email de um colega). Se você não tem login do Valor ou não tem o jornal em casa, vá à biblioteca da sua faculdade de Economia e leia a coluna.

Justiça Global?

Quando comecei a estudar justiça distributiva lá na cadeira de Política e Planejamento Econômico com o Flávio Comim, comecei a ter contato com as ideias de Rawls. Só aprofundei um pouco o conhecimento no assunto a partir de uma disciplina na Ciência Política da USP sobre o tema com o Álvaro de Vita. No entanto, nunca tive a oportunidade de estudar com mais profundidade o tema da "globalização justa" (apesar do Prof. Álvaro entender do assunto, mas eu não consegui me aprofundar). A pergunta é: como lidar com as questões de justiça em um mundo cada vez mais interligado?
Comecei a ler "One World" do filósofo Peter Singer(clique aqui para ver a versão em português do livro), um livro sobre a ética da globalização. Já no primeiro capítulo, Singer critica Rawls por se limitar à justiça dentro (within) de uma sociedade em um livro gigante como "Uma Teoria de Justiça". Embora Rawls tente lidar com o tema em "O Direito dos Povos", Singer vê como insuficie…

Ética, cooperação e equilíbrios

O papel da ética no desenvolvimento tem sido discutido há muito tempo na história do pensamento econômico, ainda que os advogados do egoísmo ético como Stigler e Friedman continuem a seguir à risca os passos de Mandeville, afirmando que “vícios privados” geram “benefícios públicos”, como bem mostrou Giannetti (Vícios Privados, Benefícios Públicos: a ética na riqueza das nações. São Paulo: Companhia das Letras, 2007). Na economia contemporânea, os benefícios da cooperação passaram a fazer parte da agenda de pesquisa através de trabalhos como os de Olson (1957) sobre ação coletiva, Arrow (1959), entre outros. O recente Nobel dado a Oliver Williamson e Elinor Ostrom também está relacionado a essa agenda. Temas como capital social, em que se destacam Putnam (1993) e Coleman (1988),tem tudo a ver com o papel da ética na economia – em que pese diretamente a contribuição de Sen (Ética e Economia. São Paulo: Companhia das Letras, 1999).O teólogo Valério Schaper das Faculdades EST me chamou at…

Volta das Férias

Registrado pelo Thales o tour que fizemos por arquivos hoje em Porto Alegre. Este blog esteve novamente parado, mas é que o cérebro do Thomas estava de férias. Na foto, Thales, Fábio Pesavento e Thomas Kang no arquivo da Santa Casa de Misericórdia em Porto Alegre na tarde do dia 17 de janeiro. Os termômetros chegaram a passar dos 35 graus. É a luta pela busca de dados na história econômica. Alguém tem que fazer o trabalho com as traças.