Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Persistência e objetividade - para que seu paper seja publicado um dia

Uma vez que se aproxima o World Economic History Congress, tenho trabalhado demais no meu eterno paper, o que deixa pouco tempo para o blog e outras coisas mais. Aqueles que quiserem opinar sobre meu abstract, são bem-vindos. O paper será apresentado na sessão intitulada “Financing the Rise of Popular Schooling in the Developed and Developing Worlds:Comparative and Historical Perspectives”. Muita gente boa na sessão. 

Se você está escrevendo um paper e está com dificuldades, não se preocupe. Eu comecei a escrever esse paper em 2008. Na verdade, a versão de 2008 sofreu modificações até 2010, quando de repente sofreu uma metamorfose. A segunda versão então durou até o mês passado. No entanto, após receber um parecer crítico, fui obrigado a mudá-lo completamente pela segunda vez. Estou na terceira versão e ainda acho que está longe de ser a última. O segredo é não desanimar e aprender bem econometria, além de tornar o paper linear. Ou seja, todo o argumento ao longo do texto deve estar …

Notas sobre a China (2)

A China é um assunto muito mais interessante do que essa discussão entre blogs acerca do paper da PUC-Rio. Prefiro continuar com esse foco, ainda inspirado por minha recente viagem relatada alguns dias atrás.

Como disse anteriormente, nossa visita foi recebida pelo Conselho Cristão da China (CCC). O Ministério de Assuntos Religiosos do país cuida das cinco religiões reconhecidas por lá: o taoísmo, o budismo, o islamismo, o catolicismo e o protestantismo (os dois últimos não estão sob o "Cristianismo" e, portanto, são tratados como religiões diferentes pelo Estado Chinês).

O representante do governo afirmou que não se permitia a interferência externa em assuntos religiosos na China. Perguntado sobre o papel do Vaticano na nomeação de bispos católicos, o que caracterizaria uma intervenção externa, o vice-ministro foi categórico: quem nomeia os bispos na China não é o Vaticano. A única justificativa foi que muitas mudanças ocorreram após o Vaticano II. Rapidamente, passou-se pa…

Pequena nota sobre a polêmica

O Drunkeynesian já resumiu tudo o que foi dito sobre a questão. Acompanhei tudo e tinha decidido não me manifestar. No entanto, só para dar um único pitaco: é evidente que os dois perderam a razão ao baixar o nível da conversa. A diferença é que este é o trabalho do RA e, nesse ringue, eu prefero não enfrentá-lo. Evidentemente, é lamentável o RA ter começado a discussão dessa maneira, mas não esperaríamos nada diferente, certo? 

Notas sobre a China

Eu não sabia, talvez ingenuamente, mas o blogger.com/blogspot é proibido na China. Pior, o Facebook e o Twitter também. Aparentemente há maneiras de acessá-los, como o Gabriel - que também estava na China - descobriu e conseguiu ainda postar algumas coisas em um blog do UOL. No entanto, esse não foi o meu caso durante a visita ao país do dia 9 ao dia 16 de junho. 
Participei da 51a reunião da Comissão das Igrejas em Assuntos Internacionais (Commission of the Churches on International Affairs - CCIA) do Conselho Mundial de Igrejas (CMI/WCC), em Shanghai e Nanjing. Fomos recebidos pelo Conselho Cristão da China, órgão autorizado pelo governo que representa os protestantes na China. Felizmente, a maioria dos membros da Comissão conseguiu obter o visto para entrar na China, mas não todos: o moderador da nossa Comissão não conseguiu, fato que foi noticiado pelo Washington Post.
A primeira impressão que preciso compartilhar com os leitores se refere aos aparentes excessos de Shanghai e Na…

ANPEC-Sul e Encontro de Economia Gaúcha

O Encontro de Economia da Região Sul, conhecido também como ANPEC-Sul, ocorreu na quinta e na sexta lá no campus da PUCRS. Paralelamente, ocorreu também o Encontro de Economia Gaúcha. Assisti sessões de ambos os eventos, além de apresentar nosso paper de aplicação de controle sintético para o caso cubano. Os questionamentos foram interessantes, repetindo alguns já feitos em outras oportunidades, mas que reforçaram a necessidade de trabalhar melhor o paper.
Minha avaliação é que os eventos apresentaram trabalhos de qualidade bastante heterogênea: havia alguns trabalhos interessantes, mas outros eram de fato trabalhos muito iniciais. Infelizmente, alguns trabalhos eram superficiais não tanto por conta de seus autores, mas em boa parte pelo que sabemos de ensino de economia em geral no Brasil e, em especial, no RS.
Espero estar no sábado na China. Em parte, esse blog não se manifestou na sexta passada devido aos inúmeros afazeres pré-viagem, inclusive dar as aulas que não serão ministra…