Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Protecionismo acadêmico

Meu amigo Thales chamou atenção para a seguinte reportagem da Veja (não é uma reportagem polêmica da Veja, calma...): segundo a revista, a Universidade de São Paulo (USP) pretende abrir escritórios em Londres, Boston e Cingapura. A ideia é facilitar o intercâmbio acadêmico, tanto de alunos quanto professores.
Acredito que a ideia é correta, mesmo que devamos pensar nos custos incorridos. Mesmo que os custos sejam altos, acredito que o contato com o exterior, mais do que proporcionar agradáveis viagens a alunos e professores, é fundamental para termos pesquisa de ponta no Brasil. Evidentemente, pesquisa de ponta depende de recursos, mas uma forma de reduzirmos o gap na liderança científica é estarmos em contato com o exterior.
Em particular na economia (e nas ciências sociais em geral), o intercâmbio com o exterior é ainda mais necessário. Por décadas tivemos uma academia que, voltada para si mesma, pouco inovava - ou, se inovava, ignorava o que o resto do mundo fazia. Em parte, até b…

III ENBECO

Eu participei da segunda edição do evento no ano passado, lá em Minas Gerais, tendo como anfitrião nosso amigo Shikida. Agora é a vez do evento ir lá para o Espírito Santo, com o Cristiano. Dessa vez não serei painelista e provavelmente não poderei comparecer. Mas fica a dica para quem puder!


Evento sobre economia social e igualdade de oportunidades

A pesquisa do Erik é interessante: vocês devem conhecê-lo do blog Moral Hazard. Ele é um dos poucos que aplica os modelos do John Roemer de desigualdade de oportunidades aqui no Brasil. Acho que entre brasileiros, temos também o Chico Ferreira lá no Banco Mundial.

Bom, ajudo a divulgar aqui o evento dele lá na UFPB. Parece estar bem interessante!