Páginas

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Krugman

Saludos del Uruguay. Estou em um pequeno hotel na Ciudad Vieja de Montevideo e usando um teclado espanhol. Desculpem os erros ortográficos nao intencionais. Daqui, escrevo um post para dizer que o prêmio para Krugman me parece justo. Alguns podem nao gostar do que ele escreve no New York Times ou de suas posicoes politicas. Mas suas contribuicoes sao inegáveis do ponto de vista acadêmico. Acredito que poucos discordariam.
A fundamentacao científica com um pequeno survey sobre estudos de comércio e Nova Geografia Econômica, os assuntos que Krugman trabalhou, está aqui apresentada no site oficial.
Bom, este blog errou. Apostei em Barro porque acreditava que a militância polìtica de Krugman atrapalhá-lo-ia. Ledo engano.

10 comentários:

Anônimo disse...

O prêmio Nobel perdeu sua credibilidade, depois que o concederam a um maldito esquerdista como o Krugman!

Isso é um claro sinal de uma mobilização neo-bolchevique tomando conta da economia.

pettersonvale disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pettersonvale disse...

Muito engraçado o comentário acima!

Acho que longe de ser algo ruim, o posicionamento político só engrandece o já grande economista Paul Krugman. Independente de concordar ou não com as suas opiniões, entendo que o papel mais nobre de um acadêmico ou de um intelectual é exatamente o de influenciar os rumos da sociedade. E isso não pode ser feito se cada um ficar fechado em sua torre de Marfim.
Saudações

Thomas H. Kang disse...

Embora todos sejam livres para comentar, o primeiro comentário é ideológico e pouco acadêmico na minha opinião. Friedman ou outros teóricos mais libertários merececeram o Nobel não por defender o livre mercado, mas por suas inegáveis contribuições. Krugman também merece pelo mesmo ponto.

Marxistas radicais e austríacos radicais sempre são um problema.

Thomas H. Kang disse...

http://www.voxeu.org/index.php?q=node/2463

Uma opinião de Dixit acerca do prêmio concedido a Krugman.

guto howe disse...

Otimo Link Thomas.

E as considerações sobre porque Krugman ganhou tambem estao otimas. Bem centradas, eu diria.

neo-bolchevique???

Uma coisa que acho ruim no estudo da economia é essa discussão ideologica.Nada de cientifico é abordado. A maioria reclama da posicao do Krugman sem ao menos conhecer um pouco do trabalho real dele. Isso acontece aqui, por exemplo, quando reclamam do Schwartsman, sem ao menos lerem os posts do blog dele, sensacional diga-se de passagem!Infelizmente uma discussão inócua ao invés de um debate inteligente.

Quanto ao Thomas, parabens mais uma vez

G.Howe

Soli Deo Gloria

Thomas H. Kang disse...

Concordo, já li excelentes posts do Schwartzman, mesmo que não concorde com ele eventualmente! O mesmo pode-se dizer de Krugman ou Friedman.

Valeu!

Soli Deo Gloria? Você deve ser calvinista, hehe. A frase é boa!

guto howe disse...

Na verdade, sou Batista.

Sou Batista, Economista, Guitarrista, Alpinista, flamenguista...rsrss.

Abs.

G.Howe

Soli Deo Gloria.

Thomas H. Kang disse...

Seja bem-vindo!
abraço!

Howe pra mim é o guitarrista do Yes.

guto howe disse...

Bom gosto não se discute, se delicia.

Isso mesmo Thomas, Howe é do Yes. Apelido herdado desde o 2º grau quando tinhamos uma banda de progressivo. Não que eu toque como o tio Howe - hoje estou melhor que ele. Mas, uma influência revelada.

Hoje mergulho mais na praia jazzistica e mpb... isso quando o as curvas de indiferenca me deixam em paz!

Abraco

G.Howe

Soli Deo Gloria.